terça-feira, 25 de março de 2008

Amores pagos

Danyella 2233-8427

21ª A exclusiva mulher morena clara BBg de Bsb. Onde no jornal não tem igual. Sexo sem pressa com 2 relax. Moro só Asa Norte.

- Alô? Eu poderia falar com a Dany?

- É ela meu bem.

- Oi...Boa tarde. Estou... Estou ligando por conta do anúncio.

- Poderia falar um pouco mais alto?

- O anúncio. Eu liguei por conta do anúncio.

- Aham.

- Você atende em casa não é?

- Sozinha meu querido.

- É aonde na asa norte?

- Na 114 comercial, bloco D.

- Qual o apartamento?

- Quando você chegar por aqui me liga que eu falo.

- E quanto que é?

- Completinho 80 reais, oral 40 e manual 20.

- Mas é por hora?

- Até você terminar gatinho.

- O anúncio diz dois relax.

- Você pode escolher como termina. Mas os dois completinhos fica 120 reais. Mas se quiser intercalar é o valor do mais alto.

- Atende depois das 18 horas?

- Até as 22.

...

- Alô, poderia falar com a Dany?

- É ela amor.

- Dany, eu liguei mais cedo, to aqui debaixo do bloco...

- Apartamento 234.

...

Chego mais trêmulo do que minha primeira vez, de certa forma é minha primeira vez, e percebo que Dany realmente não pode ser igual a nenhuma da internet, ela deve certamente ser a mais feia de todas. Rosto marcado, unhas mal pintadas, uma bunda enorme e cheia de caroços, peitos pequenos, flácidos e tem uma barriga enorme.

Me convida com um sorriso falso e me aponta para um quarto escuro e com cheiro de mofo. Estende um colchão velho, furado e o cobre com lençol que certamente não está limpo.

É tudo muito automático, tire a roupa, tiro a minha, punheta, camisinha, boquete e então sobe por cima. Um cavalgar sem ritmo, sem vontade, sem nada. Apenas uma necessidade automática que poderia explicar o porquê de estar excitado com essa forma grotesca de uma mulher gorda e feia sobre meu pau.

Esse falso olhar, as falsas perguntas, a falsa vida... O que é ser o recipiente de fantasias, descaso e necessidade dos homens? Algum teve a coragem de beijar seu rosto, tocar seu cabelo e deixar suas mãos correrem por suas costas largas? Algum homem deitou sobre o seu corpo, segurou com a firmeza carinhosa seus quadris e tirou seu cabelo de seu rosto suado?

- Você é do tipo que demora a gozar não é?

- Não sei bem... Acho que sim.

- Vem me comer de quatro vem.

Essa bunda enorme, cheia de marcas e espinhas não consegue me empolgar mais do que o movimento mecânico de antes. A cada investida dela, seu cú abre e exala um odor de merda insuportável.

É mais do que posso tolerar e acabo vomitando em suas costas.

- Filho de uma puta! Viado!

- Desculpa... Eu realmente não estou me sentindo bem.

- Saia já daqui, saia já daqui!

- Olha... Eu vou pagar por...

- Dá a merda da grana e saia daqui seu bosta!

Pago mais do que os 80 reais que ela pediu, dou para ela o dobro e então ela sorri para mim, o mesmo sorriso da entrada da porta.

- Desculpa querido. Não fiquei brava com você, só deveria ter bebido menos antes de vir.

De joelhos e suja de vômito ela recomeça seu trabalho, e então fecho os olhos, esqueço o cheiro, esqueço o lugar que estou e penso em como o boquete dela era perfeito.

3 comentários:

...O mundo de Belle... disse...

Quase um Nelson Rodrigues esse meu amigo.....
Danyella (com "Y")21ª,exclusiva mulher morena clara, BB "G", "Onde no jornal não tem igual"?
tsc, tsc...baranga, batata.hehehe
bjs

Mah disse...

nooooossa

que issscroto.


adorei demais.

piotr disse...

tá mais pra Bukovski do que pra Nelson isso sim...