segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Olívia

Olívia me pediu um texto um dia, um texto sobre quem é essa pessoa para mim e quem ela pode ser para quem leia.

Olívia é extremamente ambiciosa e consegue adquirir bastante sonhos que parecem irreais para alguns em sua mesma posição.

Olívia é a primeira da sua família a entrar em uma faculdade pública, a primeira a se importar em ler mais do que revistas ou jornais.

Olívia estudou o bastante para passar em dois concursos e por conta de um, hoje trabalha e não se importa em ter que ir a unb de noite e voltar para casa cansada para dormir de madrugada.

Olívia é muito passional. Ela é dedicada em relacionamentos e não se importa em doar o que seja dela para quem ama.

Olívia tem pouca estima. É uma pessoa carente que devota demais suas emoções, como se precisasse de amor como as pessoas precisam de vida.

Olívia tem conversas maravilhosas, decora poesias, curte arte e muitas vezes consegue sobrecarregar nossos sentidos com tantas informações, que polui o que antes era simplesmente lindo por não se dosar.

Olívia foi minha paquera de uma noite, minha namorada, minha parceira de apartamento, minha ex, minha amante e nunca foi minha amiga.

Olívia pediu um texto ao ler que outra pessoa pediu e recebeu. Ela vive fantasmas que não existem e alguns deles que foram criados por mim.

Olívia teve seu emocional destruído por seus medos e por meu ego.

Olívia não deveria jamais se preocupar em um namoro que jamais vai voltar a existir. Ele teve seus momentos, foram bons, foram ruins e se foram.

Olívia sabe que mexe comigo. Sabe, como muitas pessoas que passaram em minha vida, que sou fraco quando se trata de relação a mulheres.

Olívia me mostrou muitas coisas e é realmente uma pessoa que eu apoio e cada dia que passa me orgulha mais. Ela tem uma força que eu apenas posso invejar em minha inércia do momento.

Mas Olívia ainda é muito menina, ela só amou uma vez. E isso de não se permitir que um amor termine e outro venha é pedir para deixar de viver.

Não tenho fé. Mas eu realmente oro para que um dia ela entenda isso.

2 comentários:

dr. rodrigues disse...

nada mais aliviante do que pegar leve.

angelica duarte disse...

no texto original, Olívia tinha outro nome.