quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Um lugar

Queria apenas deixar as coisas para trás. Marcar alguns detalhes com meus amigos, com aqueles que prezo, findar contas, deixar algo para ser imortalizado e partir.

Estou de olho em um cenário, uma lagoa azul com montanhas ao fundo e um céu sem fim. Incrível como me parece convidativo simplesmente apagar todos os detalhes da rotina e me isolar em algum canto, onde talvez possa sentir o mundo falar comigo.

Quero o som das árvores, quero o criptar da chama, uma água gelada de fazer o coração disparar ao entrar, escolher apenas uma direção para seguir caminhando, olhar o anoitecer e me cercar de um teto sem limites.

Talvez assim, no meio do todo, eu possa entender o significado completo de estar só e você seja uma lembrança entre várias outras de um local deixando para trás.

3 comentários:

tatiana reis disse...

sobre lembranças deixadas para trás tenho uma lista pra zelar...mas sei que tudo depois vira nostalgia e saudade nunca me assustou. só que não fujo pro sossego...acho que optei pelo caos declarado pra sentir o descontrole do lado de fora ser maior que o que pulsa em mim.

sobre o teu lugar...sabe que lembrei imediatamente quando lia? da Patagônia.

Bruna disse...

Eu quero ir pra esse lugar...

Amanda Carvalho disse...

Preciso de um lugar assim... calmo e sereno. Mas sei que iria levar pra esse lugar muitas das minhas aflições, por isso opto ficar por aqui resolver tudo e depois sim, desfrutar de todo esse paraíso! =)