segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Eleições Brasilienses

- E por quê você vai votar na Marina?
- Pelo mesmo motivo da semana passada.

Já estava cansado de toda a vez ser a mesma discussão a mesa. Cada dia mais próximo das eleições parece que só tinham um assunto. E era praticamente impossível tentar beber acompanhado sem ter que responder a esse Vox Populi.


- Isso é um desperdício de voto. Você sabe muito bem que ela não vai ganhar.
- Mas não é para ela ganhar. Quero uma repercussão, quero um porcentual, estou votando em uma ideia.
- Mas ela não vai incomodar a Dilma. A Dilma vai ganhar no primeiro turno.
- E o que eu tenho com isso? Não sou eu que vou ganhar um cargo em algum escritório para um serviço burocrata qualquer que vá durar quatro anos. Na verdade você não deve estar tão seguro da vitória se precisa tanto de um voto.

Ali foi o ponto que a conversa fechou, os presidenciáveis já estavam fora do debate e então duas cervejas vieram e consegui até mesmo beliscar um pedaço de fígado com jiló antes de voltarem ao tema.

- Mas para governador você vai votar no Agnelo não vai?
- Mas que caralho... Não sei ainda. Talvez.
- Como assim, talvez?! Você vai deixar aquele bandido do Roriz ganhar?
- Eu?! Caso ele seja eleito, será o TSE, todo o curral eleitoral juntamente com essa classe média privilegiada que o elegeu. Eu não vou votar nele. E agora que você tá me enchendo o saco com essa conversa é que estou pensando seriamente em nem votar mais no Agnelo também!
- Mas como assim?
- Primeiro que não considero o Agnelo uma excelente opção. Sem contar a merda do seu vice.
- Mas você tem que escolher alguém com uma intenção de voto que faça diferença.

- Porra para de ser pentelho! Tô aqui querendo beber uma cerveja sem essa boca de urna do meu lado. Já escolhi os meus votos e não preciso de nenhum petista desesperado para ficar me xaropando. Vocês são piores que os crentes!

Alguém solta uma gargalhada em outra mesa.

- Decidi. Só de raiva não mais votar no Agnelo. Agora você vai poder voltar para casa pensando que ao ajudar a conscientização do povo alienado brasiliense acabou perdendo um voto por puro pedantismo. Mas pode ficar tranquilo porque graças ao Cristovam, vou clicar um 12 na urna tá?


Vencido o militante sai com ares de quem não pode convencer alguém sem visão e interesse político. E finalmente posso usufruir da minha porção de fígado com uma cerveja estupidamente gelada para escapar da seca cruel de Brasília.

4 comentários:

Nathália disse...

haha! tive uma conversa muito muito muitíssimo parecida esses dias também...

:P

Pedro disse...

PT, o novo PMDB...que partido zela. essa candidatura Agnelo/ Filipelli já justifica qualquer intenção de não votar no Agnelo. Traição escrota!

Sentimental ♥ disse...

e o pior é q ainda não acabou...

Anônimo disse...

O pior é cair no embuste verde do DEM crendo numa auto-determinação.
O PV nem eleições internas tem, não é exemplo pra nada.
Coisa de reaça envergonhado.
Mas, enfim, o fato do PT ser uma merda não tornou os outros em santos.