sexta-feira, 12 de junho de 2009

Dia dos namorados



- O que você vai fazer hoje?
- Nada.
- Nenhuma balada?
- As festas hoje são caras e os restaurantes estarão lotados, vou evitar a fadiga e ir para casa.
- Nossa que triste.

...

- Triste?
- É.
- Ontem eu ir para casa era triste?
- Ai, desculpa é que...
- É apenas uma data, não é nada demais. Um símbolo para as pessoas se agarrarem, uma permissão de ser feliz, uma dia para perdão. Por que eu iria estar triste por não ter que criar algo, só porque me dizem que hoje é importante mostrar afeto?
- ...
- Espero que tenha uma excelente noite, que nada dê errado, que não esteja mestruada, que ele não beba demais e broxe. Eu não preciso de nenhuma pressão para ter um bom dia. E na próxima vez que me fizer alguma pergunta, que seja para se importar, não para tentar se sentir melhor.
- ...
- Idiota.

2 comentários:

SMITH Blurry Oblivion disse...

Nossa, muito bom, realidade e sinceridade para alguns (minoria)... Infelizmente as pessoas são cegas, vivem nas fantasias de um dia tão banal assim como vários outros... Parabéns pelo seu blog, você escreve muito bem.
Évelyn Smith

Eduardo Darim Maires disse...

Pesado!