domingo, 6 de junho de 2010

Efêmero

- Você vai me dizer o que está acontecendo?
- Cansada disso. Exausta de não confiar, de suas desculpas, conversas.
Simplesmente... Não suporto mais.
- Nós já conversamos sobre isso.
- VOCÊ! Você conversou sobre isso Cadú! Você me pede desculpas e quase sempre parece sincero.
- Amor...
- Ok, você é sincero. Eu sei! Mas nunca muda. Cansei de por do sol.
- ...
- Você é lindo Cadú, te amo. Mas você nunca dura mais do que instantes.

2 comentários:

carrasco disse...

onde estão as histórias de detetives e travecos zé? onde?

Anônimo disse...

Muito massa!

E Barahona! Impressionante cara! Quando o zé me mandou esse texto por e-mail, eu respondi pra ele a mesma coisa! Maneiro! Saudades de ti velho!

Gabriel